JANEIRO 2010

 

 

Sylvie Boiseux – Laval / Canadá


Nada poderia ser melhor do que iniciar este blog com o melhor elogio que recebi de Sylvie Boiseaux, uma leitora de Laval in Quebec.


“A Lenda de um Nômade” revela os temas de minha própria experiência e produz uma espiritualidade complexa em termos simples e anedotas lúcidas. Está claro que você possui um dom de evocar de uma maneira óbvia o mundo e os laços que os unem.

 


 

Naoki Taeda – Tóqui / Japão


Naoki Taeda, de Tóquio, a tradutora do romance para o japonês, gostaria de saber o que me leva a escrever e a minha fonte de inspiração.


Eu sempre fui atraído pelo mundo da imaginação, pela simples razão de que é um mundo no qual nós podemos, livremente, dar forma aos nossos pensamentos. Eu amei visualizar minhas idéias sob diferentes formas de arte desde muito cedo, mas foi somente há poucos anos que a literatura se tornou a minha maneira preferida de comunicação. Quanto à minha inspiração, ela é enraizada nos encontros que ocorrem durante as minhas viagens, em minhas conversas e em minha leitura, mas digamos que minha inspiração é essencialmente uma energia que vem de cima, uma forma de inteligência que freqüentemente me ultrapassa.