MAIO 2012

 

 

Mantak Phu – Bangkok / Tailândia

 

Como você define o caminho da sabedoria?

 

O caminho da sabedoria deixa o que é natural prosseguir selvagem e desta forma dá vida ao espaço para se manifestar plenamente. Esta rota guia-nos por meio de maneiras misteriosas e deixe-nos voltar ao núcleo da vida. Os insights que ganhamos neste caminho ajudam a nos separar do nosso conhecimento limitado e se concentrar na essência oculta da vida.

 


 

Yasir Al-Masri – Aden / Iémen

 

Uma posição de maior consciência pode ser comparada a uma posição que nos torna conscientes após o uso de drogas?

 

Ambos estados acalmam nossos pensamentos e nós, portanto, podemos distanciarmo-nos da nossa mente condicionada. Entretanto, há uma diferença fundamental entre os dois estados: um estado de maior consciência que nos faz transcendermos a mente. Então experimentamos uma maior consciência, o que resulta na progressão do nosso ser. O que nós experimentamos após beber ou usar drogas é uma perda de consciência. Diz respeito a uma redução da consciência, o que resulta em uma regressão do nosso ser.

 


 

Ludwik Naruszewicz – Cracóvia / Polônia

 

O que é o carma e o quão determinante é o carma em nossa vida?

 

Carma é um conceito fundamental das filosofias indianas que é traduzido do sânscrito como "ações ou processos". No Ocidente o carma é mais conhecido como a lei universal de causa e efeito. Nosso carma em grande parte determina os desejos que nutrimos, e portanto, inevitavelmente também as nossas experiências. Quando em um determinado momento um desejo que nutrimos entra em contato com as condições necessárias para a maturação deste desejo, esse desejo causará uma experiência. Se for um desejo nocivo, algo doloroso ocorrerá. Se for um desejo saudável, terá lugar uma experiência de sorte. Nosso carma é muito determinative em nossas vidas porque cada experiência nos dá a oportunidade de ganhar novos insights e de empreender novas ações. Assim os desejos, as experiências e as ações sucedem-se de acordo com a lei do carma.

 


 

Rhonda Barrett Boston/Estados Unidos

 

Como escritor (a) você presta muita atenção ao mistério. Você pode nos dizer mais sobre ele?

 

O mistério da vida já não seria mistério se pudesse ser conceituado. Se quisermos lançar luz sobre o mistério, podemos, na melhor das hipóteses e com toda a humildade, empreendemos esforços através de formas artísticas, literárias ou musicais. A grande peculiaridade do mistério é que ele não conhece limitações e somente o que é limitado pode ser formulado no conceito racional e ser expresso.